#PUBLI

Conheça o Ysos App

O ysos é o app oficial para casais, solteiras e solteiros marcarem encontros

com pessoas reais sem enrolação, sem tabus, com SIGILO e segurança.

  • Fábio T. R. Augusto

[CONTO] Voyeur no ensaio fotográfico!

Olha, ser um casal liberal nem sempre é bom, tranquilo, os perrengues são vários, os desafios, os medos, etc... Mas, uma das melhores coisas é: viver o prazer em momentos que, numa relação normal, talvez eu evitasse!


Outro dia, apresentei pra vocês o Sr. e a Sra. Libido, Alex e Janaína! Falamos sobre o processo deles de entrada no mundo liberal e etc. E, como viraram meus amigos, agora sempre que surge uma aventura nova, eles me contam pra dividir com vocês!

Recentemente, Alex quis presentear a Jana com um novo ensaio fotográfico, como ambos possuem um lado exibicionista, tirar fotos profissionais é algo extremamente satisfatório. A princípio, ele não participaria, então, ficaram alinhados assim. O fotógrafo contratado foi o Mariano, um profissional respeitado, com estilo único e que não ficaria constrangido em fotografar a esposa de um amigo, afinal, ele foi escolhido justamente pelo laço fraterno com Alex. Negociaram o contrato e escolheram um hotel para ser o cenário. Jana explicou como gostaria que fossem as fotos e, devido ao horário disponível (manhã de um sábado), colocaram uma mesa de café da manhã como parte do cenário, entre outros elementos.


Mariano sabia da vida liberal dos dois, mas nunca teve interesse em participar de alguma aventura, respeitava os dois, respeitava o amigo e isso o bloqueava e tudo bem para todos. Como o ensaio seria bem cedo, Alex e Jana acabaram se hospedando no hotel, no quarto onde fariam as fotos, para que Jana ficasse com a expressão de quem acordou com café na cama e sexo matinal, para trazer mais sensualidade para as fotos. Logo que Mariano chegou, Alex o recebeu apenas de roupão, com cheiro de banho, já que efetivamente havia dado café e orgasmos para Jana logo que o dia raiou. O fotógrafo, até de forma surpreendente, não se constrangeu com isso, não ligou, ainda fez piada e começou a preparar o equipamento (sem duplo sentido aqui, por favor hein, hahahaha!).


Jana estava apenas de roupão, pois o ensaio seria com ela completamente nua! Tudo pronto, as primeiras fotos foram na cama, depois na mesa, com uma caneca, mudaram de ambiente, de posição, tudo sob o olhar de Alex, que se rasgava de elogiar a esposa (nota do autor: realmente, uma mulher linda e poderosa). Ao todo, seriam 2 horas de fotos e, antes da metade desse tempo, Jana dava sinais de uma excitação atípica, sempre gostaram de serem olhados, de terem uma ou mais pessoas junto deles em momentos íntimos, mas alguma coisa estava mexendo com a cabeça dela. Alex notou o suor, notou as primeiras gotas correndo nas coxas dela, nessa hora, vendo a forma como o marido a olhava, Jana pediu para Mariano parar um pouco e o convenceu a fotografar os dois, em cenas e posições quentes. O fotógrafo concordou, “vocês estão pagando, o que pedirem, estou aqui!”. Essa frase bateu na cabeça da Jana e mudou o rumo do ensaio.


Como eu disse, os dois sempre gostaram de serem vistos, só que por pessoas liberais como eles e não uma pessoa como o Mariano, que estava ali a trabalho e não dava sinais de excitação com tudo o que estava vendo e foi justamente isso que excitou a Jana: quebrar a seriedade daquele homem! Não queria transar com ele (estava alinhado com Alex), mas queria provocar até fazê-lo perder a compostura.


Ela cochichou no ouvido do marido, que riu e concordou, então, começaram a fazer poses mais quentes, pegadas mais fortes, a ereção de Alex ficou totalmente em evidência, o seios dela pareciam ganhar mais volume e os mamilos eriçados e nada do Mariano reagir, apenas dava as instruções para que mudassem o ângulo, o lugar, a luz, para que as fotos ficassem melhores. Esse comportamento dele “obrigou” nosso casal a subir a temperatura, então, começaram a transar efetivamente!


Alex aproveitou a pose de Jana, que estava de 4 sobre uma bancada e enfiou a cara na anca avantajada que ela ostenta, quase ficou sem ar de tanto que chupou a buceta e a bunda da esposa, foi o primeiro momento que Mariano gaguejou. O mix de ver e ouvir é sempre algo que mexe com a imaginação. Ele continuava fotografando, se aproximava para closes, distanciava para outro ângulo e o casal esqueceu da presença dele (ou não). Jana se virou para Alex, que estava em pé ao lado da bancada e, empinando o máximo do seu quadril, o chupou sem parar e não queria parar pra atender os pedidos, estava cheia de tesão para mostrar mais que o corpo para o fotógrafo. O último que atendeu foi de ir para a janela.


O hotel fica na região central de Salvador/BA, com outros prédios do lado, alguns comerciais, outros residenciais, dava pra ver o movimento nas janelas, tirar fotos ali e ser vista pela vizinhança, só jogou mais gasolina no casal. Primeiro, Mariano fez algumas fotos apenas dela, em posições diversas e também se tocando sozinha, depois Alex se aproximou e continuaram a pegação. Com a esposa olhando para fora, ele começou a meter nela, logo os gritos chamaram a atenção dos vizinhos e, o principal, Mariano já não conseguia focar, a cena pornográfica lhe tirou a concentração, o tesão latente ficou visível para o casal. Alex se debruçou e falou no ouvido da Jana o quanto o fotográfo estava excitado, suficiente para marcar a calça jeans.


Jana olhou por cima do ombro, fez sua cara mais safada encarando Mariano e mandou o marido socar mais forte, mais fundo, ficou falando obscenidades, provocando cada vez mais o, agora, voyeur! Mariano sentou, ficou admirando e massageando o próprio pau, por cima do jeans, ficou assim até Jana anunciar o gozo. Alex, à essa altura, já estava mais que gozado e, após sentir o próprio gozo molhando sua cueca (prontamente percebido por ela), o fotógrafo conseguiu se reorganizar e voltar ao trabalho . Com ambos lambuzados, ela pediu que fizesse algumas fotos deles assim, mas queria mais closes, queria sentir o fotógrafo bem perto, por consequência, fazendo-o sentir o cheiro de sexo do casal, foi o ápice da provocação, mas ele aguentou e fez ótimas fotos.


Mariano olhou o relógio, viu que o horário reservado estava encerrando e alertou o amigo Alex. Todos se restabeleceram à normalidade, devidamente vestidos e já fora do transe sexual, o casal agradeceu demais o trabalho prestado, elogiaram muito as fotos que ele mostrou e elogiaram o profissionalismo diante de tudo que acabara de acontecer. Sobre essa parte, Mariano fez poucos comentários, apenas elogiou a parceria do casal e a coragem de realizar as fantasias assim, foi quando Jana comentou que era uma pena ele não aceitar transar com ela, mas entendia e respeitava.


Já na hora de irem embora, Mariano fez um último comentário: “adorei trabalhar com vocês, quando quiserem novas fotos ou só transar pra alguém assistir, podem me chamar!”.


Todos os direitos reservados (lei 9.610/98 dos direitos autorais)


132 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Leia mais