#PUBLI

Conheça o Ysos App

O ysos é o app oficial para casais, solteiras e solteiros marcarem encontros

com pessoas reais sem enrolação, sem tabus, com SIGILO e segurança.

  • Casal Libido

Você certamente vai se arrepender se não ler

Atualizado: 24 de out. de 2021

Salve libinalta! Tudo bem com você?


Você sabia que existe uma listas dos cinco maiores arrependimentos que que se pode ter no leito de morte e o maior deles pode ser o seu? Continua aqui que eu vou te explicar. Puxa a vinheta! (Woops... Não tem vinheta, né? rsrs) A gente continua depois da imagem.

Bronnie Ware, enfermeira australiana que toma conta de pacientes em estado terminal em suas últimas semanas de vida, criou um blog onde compartilha suas conversas com estes pacientes em seu leito de morte. Seu blog fez tanto sucesso e virou um livro chamado The Top Five Regrets ofthe Dying (Os cinco maiores arrependimentos de quem está morrendo).


Eu irei discorrer em ordem regressiva pelos cinco motivos passando rapidamente por quatro deles até chegar ao grande arrependimento, o TOP1 da lista.


05 - Eu gostaria de ter me permitido ser mais feliz.

Constantemente estamos regrando nossa própria felicidade, não nos permitindo sentir ou viver aquilo que de fato gostaríamos de experimentar.


04 - Eu gostaria de ter mantido contato com meus amigos.

Infelizmente a vida de um jeito ou de outro nos afasta de muita gente algumas vezes nós mesmos somos responsáveis por isso, seja por uma discussão besta ou nem tão besta; mas que poderia ser resolvido com uma boa conversa. A distância as vezes pode ser a grande vilã; mas a tecnologia e suas redes sociais estão aí pra isso, né? Cultivem suas amizades, ninguém quer morrer sem amigos.


03 - Eu gostaria de ter tido a coragem de expressar meus sentimentos.

Quantas coisas a gente não gostaria de dizer pra alguém e falta coragem pra isso? Quando se trata de sentimentos pode ser ainda mais difícil. Não leve seus sentimentos pro túmulo.


02 - Eu gostaria de não ter trabalhado tão duro.

Esse é o arrependimento mais comum quando pensamos em nossos familiares. Não precisa estar à beira da morte pra pensar nisso. Basta lembrar que você não estava lá pra ver seu filho dar os primeiros passos ou chamar seu nome pela primeira vez. Mas no leito de morte pode ser ainda mais difícil.


Mas o maior arrependimento de todos, o mais frequente de todos os pacientes que esta enfermeira pôde ouvir enquanto cuidava deles, se você não abrir os olhos agora, será o seu quando estiver prestes a fechá-los pela última vez.


01 - Eu gostaria de ter tido a coragem de viver uma vida fiel a mim mesmx, não a vida que os outros esperavam de mim.


Muita gente deixa de viver tudo que gostaria e que lhe dar prazer, por pensarem mais no que os outros vão pensar dela do que em sua própria felicidade e realização. São advogados que gostariam de ser médicos; médicos que gostariam de ser jogadores de futebol; políticos que gostariam de ser simples fazendeiros ou casais e pessoas tradicionais que gostariam de viver suas fantasias sexuais e fetiches mais diversos.


É sobre este último que gostaria de falar com você, já que eu quase fui uma dessas pessoas. Acontece que desde sempre eu tive uma inclinação para o sexo. Sempre fantasiei situações com professoras, amigas, mães de amigxs. Sempre gostei de ver pornô e de falar de sexo. Só que em meu então estado de religioso, sempre reprimi a maior parte desses desejos e o que me permiti, custou minha paz. Era pecado, sujo, inadmissível, inaceitável.


Se eu fizesse o que tinha vontade de fazer, teria que encarar a rejeição da comunidade de que fazia parte, dos meus pais, alguns amigos, parentes e pensava até mesmo em pessoas que nem somavam em nada pra mim. Deixei de fazer muita coisa que realmente queria ter feito, para em vez disso, atender a expectativa de outras pessoas sobre mim.


Referência de bom comportamento na igreja, os filhos mais santos da família eram os de minha mãe, horrores que eu suportava, louvores que eles ostentavam. E assim foi por muito tempo. E talvez seja assim também com você e quando chegar o seu dia, você vai descobrir que atender as expectativas dos outros, tirou de você mais do que "deu".


Tirou de você aquele ménage a trois que você sempre sonhou. Aquela troca de casal, aquela foda com a amiga gostosa que tava se insinuando pra você ou aquela mãe gostosa do seu amigo que a cidade toda queria e que deu em cima de você e chamou pra dentro do canavial porque tava doida pra dar pra você (esse caso foi meu, infelizmente) e agora você nem pode procurar ela dizer que vai querer, já que a terra comeu ela antes de você.


Pois é, pessoas. Infelizmente quando chegar sua hora e você disser que não quer morrer porque ainda tem muita coisa que gostaria de fazer, a morte vai te lembrar de todas as oportunidades que a vida te deu e você optou por não vivê-las.


Viver é algo que só você pode fazer por si mesmo.


Você jamais poderá culpar a expectiva que ou outros tinham sobre você pela sua decisão de correspondê-las. Vai por mim, são raras as pessoas que chegam ao seu leito de morte sem arrependimentos e você vai querer ser uma delas.


Não tem coisa pior do que morrer sem se permitir ter vivido, porque quem não viveu, nunca vai estar pronto pra morrer.


E aí? Vai continuar fazendo as vontades dos outros ou vai começar fazer as suas?


Beijos nossos e até a próxima.

109 visualizações

Leia mais