#PUBLI

Conheça o Ysos App

O ysos é o app oficial para casais, solteiras e solteiros marcarem encontros

com pessoas reais sem enrolação, sem tabus, com SIGILO e segurança.

  • Casal Libido

Quando o swing é uma alternativa saudável ao relacionamento?

Atualizado: 15 de fev.

Salve libinaltas! Tudo bem com vocês?


Não é nenhuma novidade que a procura pelo estilo de vida liberal tem crescido rápidamente no Brasil, sobretudo na pandemia. Cada vez mais os casais vêem a prática do swing como uma alternativa ao casamento. Sempre que entramos em nossas redes sociais liberais vemos um ou mais casais recém cadastrados. A propósito, o nick de "Casal Iniciante" já nem devia estar mais disponível, se vocês forem entrar, tentem pensar em outra coisa, tá? rs


Mas quando realmente é seguro para um casal, iniciar no swing? Essa prática pode salvar seu casamento?

Vou responder a estas perguntas na ordem de prioridade, então NÃO. O swing não vai salvar um casamento falido. Se deitar com outra pessoa na frente do seu parceiro, não vai fazer com que ambos se sintam melhor e mais conectados. Em vez disso, pode intensificar ainda mais a insegurança, culpa ou seja lá o que estiver corroendo a relação. Se a conexão do casal, cuidado, amor e vontade não resolver, outra coisa, seja lá o que for, não vai. Se você tem um problema em casa, resolva-o em casa.


Mas então, quando o swing pode ser uma ideia saudável para o casal?


Digamos que o swing não pode ser a peça que falta no quebra-cabeças do seu casamento; mas um capricho para torná-lo ainda mais agradável e divertido.


Se seu relacionamento está indo bem, vocês são amigos, confidentes, são sinceros e verdadeiros um com o outro então não deixem suas fantasias em segredo. Não precisa chamar logo pra uma troca; mas leiam um artigo, discutam sobre ele, confessem suas fantasias. Está tudo bem e está sobrando tesão? O swing além de ser gostoso, pode ser muito divertido e render boas amizades.


A prática da troca de casais exige confiança, segurança e cumplicidade. A falta de qualquer uma dessas coisas pode botar um relacionamento a perder. Então antes de partir para ação, tudo deve ser conversado. Desde as fantasias, até o que podem ou não fazer. Alguns casais acham que beijar na boca é intimidade demais então não beijam outros parceiros. Então conversem, estabeleçam seus limites se for o caso e divirtam-se.


Beijos nossos.


Só pra lembrar: swing não é prática para casamento em crise.

100 visualizações

Leia mais