#PUBLI

Conheça o Ysos App

O ysos é o app oficial para casais, solteiras e solteiros marcarem encontros

com pessoas reais sem enrolação, sem tabus, com SIGILO e segurança.

  • Casal Libido

Evite esse tipo de problema!

Salve, nação libidinosa! Tudo bem c'ocês? Antes de começarmos esse #paporeto, gostaríamos de externar nossa alegria em estar lançando nosso site oficialmente (digo isso, porque já estava disponível a alguns dias para um número limitado de pessoas que se dispuseram a nos apoiar financeiramente para que pudéssemos abri-lo hoje ao mundo). Sendo este, nosso primeiro post sob nosso domínio oficial (casallibido.com). Então nossa eterna gratidão àqueles que nos apoiaram, obrigado pela confiança em nossas intensões e conteúdos. E agora boravê esse papo?

Então, ultimamente temos tidos certos incômodos que acreditamos e já nos certificamos de que não somos os únicos. Claro que não é de hoje, mas nos últimos dias a coisa têm se intensificado quase que em proporções desastrosas (sendo só um pouquinho exagerado, pouquinho mesmo). Por isso a Jana, que é quem é mais abordada por estes inconvenientes, chegou a conclusão de que precisamos ter essa conversa por aqui.


Se você caiu de pára-quedas em nosso site, deve estar meio perdido; mas se você é do meio liberal, entende que muitos casais, solteiros e solteiras, se utilizam de codinomes ou pseudônimos para separar sua vida real de sua vida liberal (a essa altura, quem caiu de pára-quedas também já entendeu, né?). Okay. Acontece que frequentemente virgens do meio liberal (geralmente homens solteiros) confundem ou desrespeitam essa linha. Existem erros que podem ser fatais para sua sobrevivência no meio, #nuncafaçaisso.


Se alguém, seja solteiro, solteira ou casal, está no meio liberal e se utiliza de qualquer nome que seja neste meio, é bem lógico, que é por esse nome que ele(a) quer ser lembrado/reconhecido. Então, nunca aborde alguém que conheceu no meio liberal através de qualquer canal de sua vida real (Twitter, Instagram, Facebook, LinkedIn e principalmente na rua) sem sua prévia autorização. Se essa pessoa tem um canal de comunicação liberal, é lá que qualquer tipo de contato deve ser feito. Se não tiver retorno, esquece. Vai por mim, esquece. Esquece. (Repeti pra ver se entra na sua cabeça mesmo)


Todos que estamos no meio, sabemos que uma hora ou outra podemos encontrar um conhecido do meio na rua ou vice-versa, um vizinho na Casa de Swing 🤷‍♂️, porque não? Todos podemos ser reconhecidos na rua ou encontrados nas sugestões de amizade de redes sociais, inclusive a Jana ou eu mesmo, claro que sabemos disso 🤦‍♂️ e não também não temos medo. Então digamos que você está em nossos amigos no SuaveSwing.com e descobriu nossa identidade... Okay, o que você vai fazer com essa descoberta? O problema não é descobrir, é o que vem depois disso. Vai no meu Instagram pessoal falar da minha identidade liberal e dizer que me descobriu? Se eu quisesse isso, não teria outro nome lá e também teria minha cara, não acha? Pois é.



É uma tremenda ignorância e falta de respeito, procurar uma pessoa do meio liberal na sua realidade cotidiana. A gente fica tentando imaginar o que uma pessoa dessas tem em mente... Coagir a pessoa a ter algo com ele? Se vangloriar por ter descoberto? Qualquer um que te viu em um mundo, te reconhece no outro e qualquer detalhe pode te entregar, até um sorriso. Se existisse uma CNHL (Carteira Nacional de Habilitação Liberal), essa seria uma infração gravíssima, onde a pessoa abordada poderia tomar posse da sua e fazê-la em pedaços. Já afastamos pessoas do nosso meio por sair de uma de nossas e abordar pessoas no trabalho, em redes sociais ou na rua. Imagina que seu nome no meio é Cachorão Bi. Aí vc tá com sua namorada na rua, ela não sabe que você curte uma putaria e vem uma pessoa que te viu numa festinha ou reconheceu do seu perfil liberal e te aborda: "E aí, Cachorrão Bi, blz?". Isso não parece bom pra você e é porque não é. Então evite esse tipo de problema.



Se não foi convidado a fazer parte da vida pessoal do indivíduo. Não force essa passagem. Existem pessoas que conhecemos no meio e curtimos muito no meio; mas não levamos pra vida. Assim como existem aqueles que se tornam grandes amigos pessoais. Mas isso é decisão de cada um. Então na dúvida, pergunte. Mas, sem autorização, nunca invada a privacidade dos outros. É possível fazer novos amigos com edução ou perder velhos amigos pela falta dela. Talvez você até saiba que seu amigo é do meio, então resolve abordá-lo na amizade e perde a oportunidade e o amigo.


Se me empolguei escrevendo, espero que isto sirva para fixar este cuidado na sua mente. Se gostou da dica, manda o link no seu grupo, pros seus amigos do meio. Compartilhe conhecimento. Onde há conhecimento, a ignorância não acaba com a esperança.


Beijos nossos!

211 visualizações

Leia mais